Software médico: principais vantagens que proporciona para as clínicas

Fernanda Barcelos*

Antes de tudo, um software médico é uma solução voltada para clínicas que desejam aumentar a produtividade e automatizar procedimentos para que se tornem mais ágeis. Neste momento, muitos perguntam: “mas quais procedimentos podem ser automatizados? A minha clínica está funcionando perfeitamente bem!” É nessa hora que endossamos para você separar um tempinho e acompanhar a leitura desse artigo que muito a acrescentar.

O que o software médico automatiza?

Existem no mercado softwares médicos dos mais variados tipos. Uns conseguem atender com uma agenda inteligente e agendamento online e outros mais completos que oferecem soluções desde a agenda, passando pelo prontuário eletrônico, financeiro, faturamento TISS, estoque até o módulo de relacionamento com o paciente.

Com base nisso, funções rotineiras que costumam ser demoradas como, por exemplo, realizar o repasse médico no papel, o software não só facilita como agiliza todo esse procedimento. Basta o profissional da saúde configurar as regras que o sistema para clínicas entrega o cálculo automático de cada repasse. Afinal de contas, é fato que a tecnologia já faz parte do cotidiano das pessoas, ela virou uma extensão do corpo humano, então por que alguns profissionais da saúde se mostram tão resistentes ao adotá-la como uma forma de extensão da clínica médica? 

A proposta é simplificar  tarefas que costumam sobrecarregar a equipe médica e os softwares apareceram para transformar a gestão de vários setores do estabelecimento da saúde para melhor. Com todos os setores da clínica otimizados e devidamente organizados, os médicos e recepcionistas conseguem tempo para focar a atenção no maior protagonista: o paciente.

Mas para oferecer todos os insumos possíveis que comprovem a veracidade desse artigo, vamos pontuar 5 motivos para você começar a usar um sistema para clínicas. Veja.

5 benefícios de usar um sistema para clínica

A verdade é que, de acordo com pesquisas, 70% das clínicas ainda operam atividades com o uso do papel. Além de ser totalmente retrógrado frente ao século XXI com todas as pautas que giram em sustentabilidade, ainda enfrentam problemas como falta de organização com os documentos, probabilidade de perdas de fichas importantes ou risco de terceiros acessarem informações sigilosas dos pacientes. 

É um cenário tão grave, que os profissionais da saúde, leigos no assunto, não compreendem que podem ser punidos pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) podendo pagar uma multa em torno de até 50 milhões de reais.

Então, quando este artigo afirma que a tecnologia veio para ajudar, não é uma brincadeira ou mero merchan para induzir que os médicos gastem dinheiro, ao contrário, é investimento. 

Portanto, para garantir que a sua clínica aumente o faturamento mensal, fidelização/retenção dos pacientes, otimização do tempo e qualidade de vida para todos, o sistema para clínicas se torna uma peça fundamental em toda essa operação e a seguir, nós mostramos os benefícios.

1. Telemedicina

Se antes da pandemia a telemedicina já era uma grande promessa de revolução tecnológica, imagina agora que a missão é conscientizar a todos para continuarem seguindo os protocolos de higiene recomendados para impedir a disseminação do novo coronavírus?

Então se o sistema para clínica oferece como um dos recursos uma plataforma de telemedicina, isso se torna fundamental para o médico continuar o tratamento com os pacientes mesmo que à distância. 

O uso da telemedicina também permite que o médico triplique o número dos pacientes. Pois a barreira geográfica não se torna mais um impeditivo. Além de reduzir custos de deslocamento e resguardar a saúde de todos os envolvidos durante o atendimento, o médico tem a tranquilidade dos dados do paciente estarem seguros em uma plataforma de telemedicina na nuvem e criptografada.

2. Prontuários e outras informações organizadas

É muito comum, durante a consulta, os prontuários de papel dos médicos terem muitas anotações, rasuras e de difícil entendimento. Acredite, muitas vezes na pressa, é capaz do próprio profissional da saúde não entender direito aquela observação que fez sobre um paciente há uma semana atrás. 

E-book

Isso compromete a relação médico-paciente, avanço do diagnóstico e outros riscos que incluem perda de fichas, extravios, acessos por pessoas que não foram autorizadas, o que resulta em uma gestão de clínica ineficiente. 

Todas essas complicações são facilmente resolvidas com a adesão de um prontuário eletrônico, onde o médico vai centralizar todas as informações em um só lugar, vai ter a busca na base de dados facilitada e de modo otimizado, só pessoas autorizadas poderão acessar determinada informação e quanto aquele espaço que estava lotado de fichas e documentos, poderá ser aproveitado para um segundo consultório ou uma sala de espera, o que já revoluciona a produtividade da clínica.

3. Prontuário fácil de personalizar

Agora, imagina ter em mãos um programa médico que te facilite personalizar um prontuário da maneira que você deseja? É verdade. Um bom sistema permite que o profissional da saúde configure o prontuário de acordo com a especialidade médica. 

Então, se for um dentista, pode configurar o prontuário e acrescentar um odontograma em 3D, ou então se necessário, adicionar no prontuário curva de crescimento do paciente e IMC. 

Existem prontuários no mercado que já possuem parcerias com empresas renomadas quando o assunto se trata de receituário, então o médico tem em mãos uma gama de medicamentos que seu auto preenchem de forma inteligente. Também há a possibilidade de enviar os exames para os pacientes de forma online em PDF e outras facilidades. Tudo isso confere mais agilidade e qualidade durante o atendimento do médico e um atendimento mais preciso e humanizado para os pacientes.

4. Pacientes mais fidelizados

Será que os profissionais da saúde contam com o auxílio da tecnologia para promover estratégias de fidelização para os pacientes? Entender o público-alvo da clínica e as objeções é fundamental para estreitar relações, manter os pacientes antigos e até conquistar novos com o famoso marketing de boca em boca.

O gestor da clínica consegue esses avanços através de um software de gestão. É ideal escolher um software que tenha um módulo de relacionamento com o paciente completo. Pois através dele o médico pode mandar mensagens personalizadas para grupos específicos de pacientes e alertá-los sobre a consulta que se aproxima. 

Outra vantagem é trabalhar com campanhas de marketing e fazer um planejamento de datas comemorativas para enviar aos pacientes. Isso provoca uma sensação de acolhimento e fortalece a fidelização.

E por fim, não menos importante, a pesquisa de satisfação ajuda o gestor da clínica analisar qual médico está recebendo altas notas e o que os pacientes têm a declarar sobre toda a jornada que passaram pela clínica. A partir de todos estes insights, o gestor pode implementar melhorias contínuas na clínica e o paciente ainda contribui como parte daquele sucesso.

5. Agenda e Agendamento Online

A recepção e os agendamentos de fato é um complicador no dia a dia das recepcionistas da clínica. Isto porque são horas folheando agendas para encontrar datas e horários disponíveis, se lembrar de apagar nomes dos pacientes que desmarcaram, não cometer o erro de marcar pacientes diferentes em um mesmo dia e horário e ainda passar horas para realizar as ligações em confirmações de consultas.

O software consegue organizar todos estes impasses ao oferecer uma agenda que permite o bloqueio de horários, personalização de determinados procedimentos por cores e ainda visualizar os pacientes desmarcados e aqueles que estão na lista de espera. Softwares que possuem confirmação de consultas automática via WhatsApp conferem um ganho de tempo e produtividade imenso para as secretárias.

Por fim, o agendamento online além de otimizar o tempo das recepcionistas, também incentiva a independência dos pacientes. Pois eles podem entrar no site da clínica e se agendarem de acordo com a data,horário e médico que preferirem. A facilidade é tão significativa que há a possibilidade de antecipar o pagamento da consulta através desse meio.

O software médico ideal

Escolher o software responsável em aumentar a lucratividade da clínica é um passo muito delicado. Em primeiro lugar, o profissional da saúde deve pontuar as principais necessidades pelas quais a clínica enfrenta no momento.

A partir das necessidades pontuadas, começa a saga pelos softwares disponíveis no mercado, que são muitos! Mas o que muitos aconselham é analisar qual pode extrair o máximo de crescimento do negócio da saúde. Por isso, abuse dos testes gratuitos, demonstrações online, se tem se tem um servidor de segurança renomado, se o suporte é qualificado e entre outros. O software médico do Shosp, por exemplo, se encaixa como uma das opções. É um software robusto em recursos que podem alavancar o faturamento de clínicas e melhorar a experiência dos pacientes. Para mais detalhes, é válido solicitar o contato com um dos especialistas em gestão no site: www.shosp.com.br.

* Jornalista e Publicitária pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), pós-graduada em Marketing e Design Digital pela ESPM-rio e Analista de Marketing do Shosp, Software de gestão para clínicas e consultórios.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.