Consultórios: os 5 erros mais comuns no atendimento (e como evitá-los)

Muitos profissionais perdem pacientes por não serem receptivos, por exemplo. Quer saber como começar a mudar isso?

Lidar com pessoas é sempre um desafio, seja você um profissional experiente ou mais novo. Há quem goste do atendimento, mas também existem pacientes que podem reclamar até das cores do consultório médico! Afinal, é sempre muito difícil agradar todas as pessoas que são atendidas.

Mesmo assim, é possível adotar algumas estratégias que evitam e minimizam os erros no atendimento e até mesmo na estrutura ou organização do consultório médico. Uma delas, por exemplo, é procurar ser mais próximo e receptivo com seus pacientes, já que, em alguns casos, eles podem estar mais fragilizados devido a algum problema de saúde.

Por isso, é importante ficar atento aos erros comuns durante um atendimento e saber como evitá-los. Neste artigo, você saberá o básico para melhorar cada vez mais sua eficácia através de uma consulta resolutiva mas ao mesmo tempo, próxima!

Continue a leitura!

Pilares de um bom atendimento

Antes de falar dos erros, traremos alguns pilares básicos que constroem um bom atendimento, entre eles, educação, paciência e o foco na resolução de problemas, que deve ser o principal em um consultório médico de qualquer especialidade.

Proximidade

Médicos e outros profissionais considerados essenciais têm um desafio e tanto de manter sempre a proximidade com seus pacientes, no caso, clientes. Conversar amenidades e demonstrar que aquela pessoa é importante não precisa levar muito tempo, apenas o necessário para se conectar com histórias.

Educação

Todos têm dias difíceis, mas isso não significa que a rotina no consultório médico precise ficar ainda pior por causa de um atendimento ruim. Antes de qualquer coisa, tratar os pacientes com educação independentemente de qualquer coisa é primordial. Isso vale para funcionários da recepção, médicos e todos que lidam diretamente com pacientes.

Comunicação com a equipe

É visível quando uma equipe funciona bem. Parece até uma orquestra: todos já sabem o que fazer sem pedir, o que torna o atendimento mais prático e rápido. Demonstrar que há sincronismo entre todos traz confiança ao paciente, bem como tratar todos com educação, paciência e tranquilidade.

E-book

5 erros mais comuns durante um atendimento

Assim como um consultório médico, qualquer empresa está sujeita a cometer erros durante o atendimento. Veja os mais comuns e comece a evitá-los imediatamente, antes que isso reflita na quantidade de pacientes.

1 – Distância do paciente

Oferecer um atendimento sem humanização pode ser fatal. Isso porque se não há proximidade, o paciente pode nem voltar ao consultório médico ou até mesmo deixar de contar tudo o que precisa para tratar determinada patologia. É importante manter a conversa e a humanização do atendimento, seja com conversas ou atenção plena naquela pessoa.

2 – Mostrar indiferença

Se existe uma atitude que traz desconforto ao paciente é quando ele volta para a consulta e o médico nem lembra quem ele é, ou age como se fosse indiferente aquele problema, minimizando-o. Tente sempre conhecer aquela pessoa e dar atenção a cada detalhe da consulta, ainda que seja rápida, como um retorno médico.

3 – Tratamento exclusivo

Em alguns casos, sem perceber, o médico(a) pode tratar um paciente melhor que o outro, seja por conhecer mais ou até mesmo por interesse, em alguns casos. Fazer isso na frente dos pacientes deixa a situação constrangedora, então quando tiver no consultório médico trate todos como iguais.

4 – Oferecer consultas rápidas

Dificilmente, independentemente da especialidade uma consulta será rápida, a não ser que seja um retorno. Não há como saber todo o necessário em 10, 15 minutos. Demonstre interesse na resolução do problema oferecendo um dos bens mais valiosos, o seu tempo. É só através desse conjunto de informações é que o paciente pode ser bem atendido e indicar o profissional para outras pessoas.

5 – Demonstrar falta de conhecimento

É muito difícil o paciente voltar ao consultório médico se há qualquer tipo de desconhecimento por parte do profissional, seja em relação à clínica, ao paciente ou até sua equipe. Um médico que não entende o que está acontecendo com seu paciente ou com seu ambiente de trabalho não passa confiança.

Esteja sempre preparado, ainda que seja experiente. Sempre há novidades e atualizações. Seus olhos e ouvidos devem estar preocupados com os funcionários, andamento do consultório médico e para os problemas de saúde do paciente. Um profissional seguro e eficaz se constrói através desses e outros conhecimentos.

Por fim, é preciso dizer que erros acontecem, mas estar preparado para eles só melhoram o ambiente de trabalho, bem como o atendimento. Nada melhor que um profissional capacitado, que atende bem, para trazer cada vez mais pacientes.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus colegas, ou, deixe seu comentário caso alguma dica tenha faltado! O importante é todos pensarem juntos para oferecer um atendimento de excelência!

Agora que você já sabe como deixar seu consultório mais receptivo, que tal começar a trazer pacientes? Se precisar de ajuda, é só dar uma olhada nessas dicas práticas (e baratas) que separamos para você!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.