Como montar uma loja de eletrônicos: tudo que você precisa saber para abrir a sua do zero, passo a passo!

Você já pensou em montar a sua própria loja de eletrônicos? Então saiba que uma pesquisa do Ebit Nielsen apontou um crescimento de 101% do setor em 2020.

Ficou interessado e quer saber tudo para começar a montar o seu negócio próprio? Então, acompanhe este artigo, pois nele mostraremos um passo a passo para montar a sua loja de eletrônicos completamente do zero!

Veja a seguir tudo o que você precisa saber para abrir uma loja de eletrônicos.

Passo 1: Faça o planejamento da sua loja de eletrônicos

O mercado de computadores vem crescendo ano após ano. Utilizamos computadores para estudo, trabalho e lazer, com e sem internet.

Então, mesmo quem já possui um computador muito bom, sempre está de olho nos lançamentos. Ou seja, sempre está buscando um computador mais novo, bonito e com um desempenho cada vez melhor.

Toda essa procura gerou uma venda de 6,3 milhões de computadores no Brasil em 2020, conforme dados de uma pesquisa do IDC Brasil.

Diante desses resultados é possível perceber que montar uma loja de eletrônicos pode ser um bom negócio para quem pensa em empreender.

Afinal, com ela você pode atender usuários comuns e empresas. Além disso, pode vender equipamentos. Ou ainda, você pode oferecer vários serviços como manutenção e reparos, entre outros.

Embora o mercado de eletrônicos seja muito promissor e convidativo, é preciso ter cautela ao iniciar qualquer negócio.

Isso porque é preciso:

  • Conhecer e entender a área; 
  • Determinar o público-alvo;
  • Encontrar uma boa localização; 
  • Pensar em estratégias de marketing.

E a resposta para esses e outros tópicos você encontra em um plano de negócios.

Por que você deve montar um plano de negócios?

O plano de negócios vai te mostrar se realmente o negócio é viável. Além disso, vai te ajudar a estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo para a empresa.

Sendo assim, também é importante para o caso de precisar de crédito para expandir os seus negócios. E é pela falta de um plano de negócios que muitas empresas encerram as suas atividades com menos de cinco anos.

Assim, se você deseja ter uma loja de eletrônicos de sucesso e próspera, não pule esta etapa tão importante.

Montar loja de eletrônicos física ou online?

Hoje em dia é cada vez mais comum ter uma loja de eletrônicos online. Nessa modalidade, o investimento inicial pode ser bem mais reduzido em relação à venda tradicional

No entanto, você pode optar por aproveitar o melhor das duas modalidades. Ou seja, ter um negócio físico, tradicional, e também ter o seu negócio online.

Passo 2: Crie uma proposta de valor

Montar uma loja de eletrônicos é algo relativamente simples e fácil. Não é à toa que existem milhares espalhadas por aí e pela internet. Desta forma, você precisa pensar em como vai se destacar em meio a elas.

Assim, você pode começar respondendo três perguntas:

  1. O que você vende?
  2. O que o seu produto/serviço faz pelo seu cliente?
  3. Qual é o diferencial do seu produto em relação ao do seu concorrente?

E, com a junção dessas respostas, você vai definir a sua proposta única de valor. Sendo assim, é ela que vai fazer a sua loja se destacar no meio de tantas.

Passo 3: Defina um nome para sua loja

Como a sua loja de eletrônicos será conhecida? Criar um nome simples, mas ainda atrativo, é um passo muito importante. Por isso, escolha algo que tenha a ver com o seu negócio. Porém, deve ser fácil de memorizar.

Cuidado para não usar um nome que já esteja registrado. Além disso, cuide para registrar o seu.

Além disso, invista na criação de um logo e identidade visual, pois isso será importante para sua estratégia de divulgação. É através da sua logo e sua identidade visual, assim como o nome da loja que seus clientes e fãs, reconhecerão a sua loja.

Passo 4: Registre a sua loja corretamente

Este é o momento de tornar a sua loja oficial. Neste ponto, é essencial que você procure orientação com um contador.

Ele vai te orientar quanto ao regime tributário que você deverá se enquadrar. Além disso, vai apontar para os locais em que você deve registrar a sua empresa, como por exemplo:

  • Junta comercial;
  • Receita federal
  • Prefeitura do município
  • Entre outros.

Se o enquadramento for MEI (Micro Empreendedor Individual) tudo pode ser feito online.

Passo 5: Escolha o local ideal para montar sua loja

A localização da sua loja é muito importante. O ideal é que ele esteja onde está o seu público-alvo. 

No entanto, não adianta apenas montar uma loja de eletrônicos física. Atualmente, todos os negócios também precisam ter um endereço online. Desta forma, crie também o seu endereço na internet, através de um site.

Além de divulgar seus produtos e serviços, crie conteúdos informativos. Isso deve fazer parte das suas estratégias de marketing para atrair clientes.

Passo 6: Defina quais produtos e serviços oferecer

É nesta parte que você define os produtos que vai comercializar. Além de ter uma linha de produtos específicos, é interessante pensar em produtos auxiliares também.

Uma loja de eletrônicos pode trabalhar com diversos produtos. Veja abaixo alguns possibilidades:

Computadores e acessórios

  • Desktops;
  • Notebooks;
  • Monitores;
  • Impressoras.

Periféricos, consumíveis e acessórios

  • Processadores;
  • Chips de memória;
  • Placas de rede.
  • CD-RoMs;
  • Cartuchos e Toners para impressoras;
  • DVD e Blu-ray;
  • Cabos
  • Roteadores;

Programas

  • Jogos;
  • Aplicativos 
  • Antivírus.

Serviços

  • Reparos e manutenção de máquinas;
  • Atualização de sistemas;
  • Instalação e configuração de softwares;
  • Suporte técnico;
  • Instalação de redes corporativas.

Passo 7: Contrate colaboradores para te ajudar

Na hora de montar sua loja de eletrônicos é preciso pensar na quantidade de colaboradores. Isso vai interferir em vários fatores, como no tamanho da sua loja e na quantidade de produtos e serviços disponibilizados.

No entanto, toda loja em geral tem uma estrutura mínima como caixa, um técnico de informática e dois atendentes especializados em eletrônicos.

O seu time é fundamental para o sucesso da loja. Desta forma, escolha sua equipe com critério. Cuide para que sejam pessoas qualificadas e preparadas.

Além de conhecer e entender sobre eletrônicos, precisam saber lidar com o público, prestando atendimento de qualidade.

Por isso, invista em capacitação. Ou seja, mantenha seus colaboradores atualizados sobre as novidades de eletrônicos e faça reciclagem em relação ao atendimento de clientes.

Passo 8: Escolha fornecedores reconhecidos e confiáveis

Se o seu principal objetivo ao montar sua própria loja de eletrônicos é garantir um bom retorno financeiro, tome muito cuidado ao escolher e investir em fornecedores cujos produtos agreguem valor para seus clientes.

Assim, opte por marcas tradicionais, com bons feedbacks dos clientes. Marcas com feedbacks negativos podem prejudicar a imagem da sua loja.

Passo 9: Monte a estrutura e escolha os equipamentos

A estrutura, ou seja, como você vai organizar a loja depende de alguns fatores como:

  • Tamanho do espaço da loja;
  • Quantidade de membros da sua equipe,
  • Quantidade de equipamentos que terá disponível para exibição etc.

Portanto, em geral, você precisa dos seguintes equipamentos para atender sua cliente adequadamente:

  • Balcão de atendimento;
  • Computadores;
  • Impressora de cupom fiscal;
  • Expositores;
  • Material de escritório;
  • Mesas e cadeiras;
  • Local para depósito.

Além destes, outros equipamentos também podem ser necessários, como por exemplo um sistema de gestão ou até mesmo uma solução de financiamento que ajude seus clientes a parcelarem suas compras, aumentando o poder de compra deles e, consequentemente, o seu ticket médio.

Passo 10: Comece a divulgar sua loja de eletrônicos

Esta etapa deve ser pensada desde a concepção do seu plano de negócio. Assim, uma boa estratégia de marketing é fundamental para o reconhecimento e, consequentemente, para o sucesso da sua loja.

No entanto, para definir quais estratégias adotar, é preciso saber quem é seu público-alvo. Se você fez um plano de negócios, já tem isso definido.

Além disso, foque em várias estratégias. Utilize as estratégias tradicionais como panfletos, folders, cartões de visita, anúncios na rádio ou TV. 

Porém, invista em redes sociais, site e blog. Também é interessante apostar em anúncios pagos na internet. Ao anunciar seus produtos e serviços de forma paga, facilita que pessoas interessadas no que você vende te encontrem. Mas não se esqueça de analisar constantemente os dados obtidos nas campanhas para ir ajustando as estratégias de forma a obter os melhores resultados.

Outra dica muito importante é aproveitar datas comerciais importantes em que a venda de eletrônicos costuma ser maior, como o Natal, a Black Friday e até mesmo a segunda pós-Black Friday dedicada exclusivamente às vendas pela internet, a Cyber Monday.

Depois de seguir todas as etapas acima, é hora de iniciar as suas atividades e ajustar a rota quando necessário.

Você pode gostar de ler também:

> Capital de Giro: o que é e como calcular o do seu negócio

> Tudo que você precisa saber para aumentar sua margem de lucro

> Eletrônicos Recondicionados: vale a pena vender produtos recuperados?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.